Prosódia Bastiana ou Traçados Silenciosos de uma Fé Chorosa

Data(s) e Horário(s): 03/05 às 20:00h, 10/05 às 20:00h, 16/05 às 20:00h, 17/05 às 20:00h, 23/05 às 20:00h, 24/05 às 20:00h, 30/05 às 20:00h, 31/05 às 20:00h

Local: Rua Gamboa de Cima 03, Centro (ao lado do Quartel dos Aflitos)

Preço: 20,00 (inteira) e 10,00(meia entrada)

Mais Informações

“Prosódia Bastiana ou Traçados Silenciosos de uma Fé Chorosa”, peça ultra-documental definida como um risco de Matheus Menezes e Sidnaldo Lopes, fala sobre o trabalho e a sobrevivência, a solidão e a solitude, o amor que se constrói no meio a prédios e danos, através da visão estética e afetiva de quem vive o êxodo de seu interior para a capital.

 

“Utilizamos do ultra-documental para emergir críticas e explanar sentimentos subjetivos de um interiorano na capital. Ultra-documental por trazer um enredo real vivido pelo próprio ator, mas não necessariamente dito ao público de forma épica, clara ou com elementos da realidade” – explicam os artistas, que completam: “usamos o silêncio em todo o espetáculo, a não voz, em metáfora ao emudecimento xenofóbico, o desgaste ao estrangeiro, mesclado ao emudecimento do cansaço em uma nova cidade em que o caos, o drama e o tempo líquido são constantes.”

 

Dentro dessa mala de mazelas do êxodo, tópicos específicos e subjetivos são tratados: o teatro do interior e o teatro de capital, além do afeto/desafeto.

 

Matheus Menezes é ator, diretor, performer e mediador cultural, atualmente licenciando em teatro pela Universidade Federal da Bahia. Foi contemplado no ano de 2017 com o prêmio melhor direção e melhor cenário no XVII FACE-MG, em Conselheiro Lafaiete, com o espetáculo “Alcantil”, também premiado como melhor espetáculo no II Festival Caroá de Teatro. Enquanto mediador trabalhou em 2017 nos festivais FILTE, FIAC, FESTAC e em 2018 no Festival Petiz.

 

Sidnaldo Lopes é Ator, Produtor e Licenciando em Teatro pela UFBA, formou-se como ator a partir do XXIX Curso Livre de Teatro da UFBA com o espetáculo ‘’Eu vim aqui pra vadiar: Três peças de Suassuna’’. Desde então atuou em espetáculos teatrais na cena baiana, alguns deles ‘’Paco e o Tempo’’, ‘’Diferentes Iguais’’, este ultimo com a Companhia Novos Novos e ‘’Avesso’’, vencedor do Prêmio Braskem de Teatro 2016 na categoria melhor espetáculo infantojuvenil. Como produtor fez a produção executiva dos espetáculos ‘’Os Físicos’’, ‘’Paco e o Tempo’’, ‘’Avesso’’, ‘’Cururupebas’’. No ano de 2017 fez a produção de espaços no Festival Internacional de Dança VIVA Dança. Recentemente assumiu a direção de produção do espetáculo ‘’Puta: Filha da que te Pariu’’.

 

Classificação: Livre

 

Ficha Técnica

Ator, diretor e produtor executivo: Matheus Menezes

Diretor de produção, ator e diretor: Sidnaldo Lopes

Iluminador e operador de luz: Victor Hugo Sá

Apoio Financeiro

Desenvolvido Por:

WebD2 Desenvolvimento Web